Daily Archives: Janeiro 20, 2009

Quero comprar Hidróxido de potássio…quero dizer Potassa.

Muitas vezes, ainda nos dias que correm, as pessoas vão às drogarias comprar Potassa (Potassa Cáustica) para realizarem algumas limpezas mais difíceis, nomeadamente a panelas. O nome Potassa utiliza-se no dia-a-dia, é um nome comum ou trivial, mas o nome científico para esta substância é Hidróxido de Potássio. A seguir apresentam-se alguns exemplos destas substâncias que se comercializam nas drogarias, e ultimamente, também, nos supermercados.

ÁCIDOS

HCl – ácido muriático (ácido clorídrico)

H2SO4 – vitríolo (ácido sulfúrico )

HNO3 – água forte (ácido nítrico)

BASES

NaOH – soda cáustica (hidróxido de sódio)

KOH – potassa cáustica (hidróxido de potássio)

Ca(OH)2 – cal apagada (hidróxido de cálcio)

NH4OH – amónia (hidróxido de amónio)

Existem alguns jovens que têm muito pouca noção do perigo, quer deles próprios, quer das outras pessoas. É natural que os fenómenos fora do comum suscitem interesse pela descoberta, mas quando se misturam coisas, que estão ao nosso alcance no dia-a-dia, é preciso que estes actos sejam feitos com segurança e acompanhamento de um adulto. Um caso muito curioso é quando se junta um metal (alumínio por exemplo)  com água forte numa garrafa fechada. Ao fim de alguns minutos cataPUMMMM, ocorre uma explosão, e o ácido é espalhado em todas as direcções. Se por azar uma pessoa vai a passar perto poderá ficar queimada com mais ou menos gravidade dependendo da quantidade que a atinge e da zona do corpo que é atingida.

Para que se saiba mais sobre a reacção química que ocorreu podemos dizer, em linguagem química que:

3HNO3(aq) + Al (s)—->Al(NO3)3 (aq) + 3/2H2 (g) 

O hidrogénio gasoso que se liberta no interior da garrafa faz aumentar a pressão, até que ocorre a tão esperada explosão.

Saberás escrever a equação que traduz a reacção química entre o vitríolo e o ferro?

Anúncios