As partículas

Imagina que alguém te diz que um carro é constítuido por peças. Tu até podes estimar esse número de peças, pois será n x 1000, em que 0<n<10.

Relativamente ao tamanho das peças  temos a noção que são da ordem de grandeza entre 1 mm e 1 000 mm.

Mas se continuarmos a dividir com a ajuda de um microscópio, que existe na escola, podemos obter micropeças da ordem de grandeza 1 μm =0,001 mm.

E agora parámos com a divisão. É-nos impossível, na escola, dividir as micropeças.

Resta-nos pensar que existem processos para visualizar na ordem de grandeza inferior ao micrómetro. Vamos pensar que alguém dividiu uma micropeça em nanopeça (uma molécula), esta terá a ordem de grandeza 1 nm=0,001μm, e depois numa angstronpeça (um átomo) 1Å=0,1 nm. Agora para estimar o número de moléculas e  átomos temos de fazer m x 6 x 10E23. 

O mundo das partículas não termina por aqui. No CERN estudam-se e descobrem-se estas partículas inferiores às angstronpeças.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s