Monthly Archives: Maio 2009

A Matéria

A matéria é tudo o que nos rodeia. Vamos começar por explorar a água, a substância onde surgiu a vida e que é essencial à vida. Quando olhamos para uma porção de água, sob o ponto de vista macroscópico, concluímos que tem um aspecto homogéneo, porque nos parece toda igual. Mas, se fizermos um Zoom imaginário até conseguirmos tamanhos próximos de 0,000000001 m  ou seja 10-9 m surgem as partículas que constituem a matéria, átomos de oxigénio e hidrogénio juntos (ligados) que formam moléculas de água. Como as moléculas de água são constituídas por dois tipos diferentes de átomos diz-se que a água é uma substância composta

 água

Com auxílio de dois lápis, fios de ligação, pilha e um copo com água podemos construir um voltâmetro caseiro para fazer a electrólise da água.

Quando se faz a electrólise da água conseguimos separar os átomos nas moléculas.

Nos bicos de carvão (grafite) do lápis estão a libertar-se, na água, bolhinhas. Estas bolhinhas são porções, no estado gasoso, de oxigénio e hidrogénio. Onde se observam mais bolhinhas significa que se está a libertar hidrogénio e onde se observam menos liberta-se oxigénio.

 electrolise

Os átomos reorganizaram-se e formaram duas novas substâncias simples constituídas por átomos de hidrogénio e por átomos de oxigénio.

Anúncios

UMA DAS 10 EXPERIÊNCIAS MAIS BELAS DE SEMPRE

A decomposição da luz solar, realizada por I. Newton, é considerada uma das dez experiências mais belas de todos os tempos.

prism01

Esquema da experiência de Newton – A experiência crucial.

Através da associação de prismas Newton conseguiu decompor e recompor a luz branca. A decomposição é possível devido à refracção da luz. Quando a luz, que se propaga no ar, passa a propagar-se no vidro do prisma diz-se que se refractou. Associada à refracção ocorre mudança na direcção de propagação da luz. 

Na aula conseguimos esta fotografia com a ajuda do P. Charneca.

SNC00636

A luz que sofre menos desvio é a vermelha e a que sofre maior desvio é a violeta. 

Quando se diz que a luz branca é decomposta em sete cores não estamos a ser muito correctos. A luz branca decompõe-se em infinitas cores, que nós agrupamos em sete grupos: Vermelho, Laranja, Amarelo, Verde, Azul, Indigo e Violeta.

O Charneca, que é um rapaz de costas largas, quis ficar para a posteridade e cedeu as suas costas para alvo, e vejam só o que deu:

SNC00642A decomposição da luz nas costas do Charneca.

A Linda Portuguesa

Música da nossa. Vamos a isso.

Como se apanha uma mosca

Os achigãs adoram saltar para fora da água e apanhar insectos. É engraçado saber Física para perceber como caçam estes peixes. Devido à refracção da luz, como no caso anterior, o achigã não vê a mosca, mas sim a imagem da mosca que se encontra ligeiramente acima.

reflexão da luz peixe

 

Era engraçado saber qual é a percentagem de sucesso, em cada salto à mosca, dos achigãs, e se há bons e maus caçadores tal como nas outras espécies.

COMO ARPOAR UM PEIXE

Se um dia precisarem arpoar peixes, para sobreviverem numa ilha deserta, certamente que este post será de grande utilidade. Observem a figura onde se destaca: o homem com o arpão e o peixe. Ah, e ainda a imagem do peixe!

pescador

O homem faz pontaria à imagem do peixe e não ao peixe. Este facto deve-se à refracção da luz. Quando a luz passa da água para o ar muda a direcção de propagação. Se olharem com atenção reparam que o raio luminoso, ao se refractar, se afastou da normal à superfície de separação entre os meios água/ar. Se o homem não souber Física irá certamente falhar o peixe, e se souber terá muito maior probabilidade de acertar no almoço!!! 

Por isso apontem sempre à frente do peixe, pois terão mais hipóteses de acertar.

Ganharam um Globo de Ouro

Deolinda – Fado Toninho

A reflexão da luz

O meu aluno André Cordeiro foi muito simpático ao ajudar-me a conseguir esta imagem da experiência realizada na aula.

reflexão da luz

Como se pode ver pela imagem o ângulo que o raio incidente faz com a normal ao espelho (20º) é igual ao ângulo que o raio reflectido faz com a normal ao espelho (20º).